4. Marketing Digital - Estratégias de Engajamento


Cliente conectado exige comunicação personalizada

O crescimento do marketing digital é um efeito gerado pela necessidade das Marcas em interagir de forma personalizada com seus clientes, cada vez mais conectados pela rápida expansão dos dispositivos móveis que já fazem parte do dia a dia de milhões de consumidores. 

Ferramentas e Apps de personalização, segmentação, regionalização e principalmente de mensuração estão se tornando mais amigáveis, disponíveis e precisas.

Conteúdos afins e relevantes oferecidos em diferentes formatos, como imagens e vídeos, influenciam na decisão de compra forçando as mídias tradicionais a se reinventarem adaptando-se ao novo comportamento pesquisa e compra. 

Como nunca o ROI - Retorno Sobre Investimento - em ações e programas de marketing e comunicação devem ser explicados. Resultados tangíveis são esperados. Aquisição de novos “leads”, engajamento com público alvo e conversão em vendas são métricas a serem perseguidas continuamente. 

Sempre em conformidade com as estratégias da empresa, a elaboração do plano de mídia deverá considerar a cobertura em todos os canais de vendas diretas e indiretas e, sempre que possível, de forma personalizada. 

O conceito ou tendência denominada “omnichannel” propõe que o consumidor é quem escolhe o canal que deseja pesquisar e comprar o produto ou serviço.

A responsabilidade da empresa é garantir que a experiência da Marca seja homogênea com representantes e funcionários bem treinados e preparados para atender as demandas imediatas do cliente.

Profissionais de marketing e comunicação também deverão complementar seus conhecimentos, habilidades e atitudes. 

O foco no negócio, o conhecimento profundo das estratégias da empresa e uma interação multidisciplinar, ou seja, com as diversas áreas da empresa, serão obrigatórios para o tratamento e refinamento do posicionamento que afeta a satisfação do cliente e, consequentemente, a Marca.

Marketing e comunicação não podem ser encarados como despesa prevista em orçamento, e sim como investimento previsto em orçamento. A diferença é que investimento está relacionado a retorno. O profissional de marketing sênior também deve desenvolver o foco em EBITDA. 

Em conformidade com as estratégias, a elaboração do plano de mídia deverá considerar a cobertura em todos os canais de vendas e, sempre que possível, de forma personalizada.

Nos próximos 5 anos a penetração mundial de dispositivos móveis passará de 70%. Negócios, clientes e profissionais de marketing e comunicação deverão seguir pelo mesmo caminho, conectados. 

 

Marketing Digital - conversão em vendas via “landpage” 

Uma estratégia de marketing e comunicação digital deve obrigatoriamente gerar oportunidades -  “leads” -  portanto, a presença da sua empresa na internet deverá seguir um layout mais funcional que artístico. 

Na prática, o visitante deverá estar sempre a “1 clique” da informação central que promove sua Marca, produto ou serviço.

Ao longo do processo de construção da “landpage” considere exclusivamente a experiência do cliente, já que o único objetivo é coletar seus dados como email, entre outros, que servirá para um posterior contato para qualificação.  

A navegabilidade deve evitar distrações. Uma boa técnica é oferecer todas as informações relevantes, sem excessos, na mesma página. Se a empresa tem várias ofertas, a recomendação é criar vários landpages personalizados para públicos específicos com interesses também específicos.  

O objetivo do landpage é estimular e qualificar o visitante a ponto de efetuar a compra imediatamente. 

O landpage não tem vida própria. As mídias digitais (Facebook ads, LinkedIn ads, Google AdWords, anúncios patrocinados, banners em portais específicos, etc) deverão gerar o tráfego. Diferente da mídia tradicional, a mídia online é mais efetiva já que o investimento é por clique, ou seja, sua empresa paga apenas pelo “lead” já pré qualificado, que interessado clicou no seu anúncio se tornando um potencial comprador. 

Não economize nos landpages. Todas as promoções da empresa merecem um exclusivo com seu respectivo plano de mídia segmentado, regionalizado, personalizado e adaptado aos dispositivos móveis. 

O teste A/B vale a pena. A escolha do “call to action” não é uma ciência, portanto, ofereça de forma randômica dois ou três landpages distintos e teste sua efetividade por um determinado período de tempo. Por exemplo:

  1. Título ou headline - deve ser breve, objetivo e focar no benefício único - “value proposition” - que está sendo ofertado. Faça do seu título um “call-to-action”
  2. Box” de captura de email - não peça nada mais do que o nome e email
  3. Layout - deve ser “responsive”, ou seja, deve adaptar-se automaticamente a qualquer dispositivo seja PC, tablet ou smartphone. Evite menus e barras de rolagens extensos 
  4. Teste cores - mantenha um conjunto de cores, pantones, que pertençam a mesma família e que privilegie o contraste entre o fundo, a imagem e o texto
  5. Teste imagens - utilize imagens simples que tenham afinidade com o “vocabulário visual” do público alvo. A imagem é um dos principais elementos do design e deve ser tratada com cuidado
  6. Cuidado com o espaçamento - Trate as informações como “campos visuais” distintos que merecem ser bem distribuídas, com espaçamento adequado para que não fiquem entulhadas. Em comunicação digital menos é sempre mais!

 

Racional e Estratégias para um plano de marketing que engaja via oferta de conteúdo - “content marketing”

A velha tática de empurrar o produto ou serviço para os clientes foi substituída pelo engajamento. Na prática, as novas táticas buscam entreter o público alvo com conteúdo de qualidade e relevância que auxiliam nas fases de pesquisa, decisão de compra e finalmente, na conversão da venda. 

O racional e a estrutura do plano de marketing e comunicação, com foco na construção da Marca pelo engajamento através de conteúdo - “content marketing” ou “inbound marketing”, é infinitamente mais econômica que os planos convencionais. Além da maior eficiência e menor investimento, também estão em conformidade com a evolução do comportamento dos clientes agora 100% móveis e conectados. 

Antes, a empresa é quem saia atrás do cliente investindo em planos de marketing e comunicação tradicionais que custavam milhões. Além disso, tinham que se comprometer e pagar adiantado pelas mídias deixando quase nenhuma margem de manobra para o realocação de budget ao longo do ano. Hoje, o público alvo se agrupa por afinidade em de blogs e redes sociais específicas. O cliente tem o controle sobre a informação que deseja receber. 

As mídias online são personalizadas, segmentas, regionalizadas e remuneradas pela sua performance. Permitem também que o budget e campanhas sejam paradas, alteradas e adaptadas conforme seu desempenho, instantaneamente. A relação de retorno versus investimento - ROI - é muito mas eficaz por dois motivos: 

BAIXE GRATUITAMENTE OS TEMPLATES DA BRANDME PARA MONTAR SEU PLANO DE NEGÓCIOS . CLIQUE AQUI PARA DOWNLOAD

  1. Os índices de abrangência, frequência e afinidade requeridos no plano de marketing e comunicação são conquistados de forma mais econômica e sem a obrigatoriedade de comprometimento anual com veículos e mídias
  2. A eficiência é maior. As mídias são remuneradas pelos “leads” qualificados. Quando um “lead” clica num post, banner ou anúncio patrocinado tornam-se oportunidades qualificadas e estão mais próximas da conversão em vendas

A estratégias para elaboração de um plano de marketing com foco em conteúdo de qualidade e relevância devem considerar: 

  1. Exposição - gerar conteúdo que vale a pena investir tempo lendo
  2. Engajamento - aprofundar relacionamento com as audiências específicas
  3. Aumento de tráfego - melhorar o ranking geral de pesquisa
  4. Gerar bons leads - empurrá-los para conversão no ecommerce
  5. Eficiência no uso do budget - retorno melhor mensurado
  6. Rapidez na execução de campanhas de marketing - segmentada por público alvo
  7. Monitorar - as conversas sobre a Marca e respectivos produtos e serviços 
  8. Estimular o diálogo
  9. Identificar influenciadores - autores e geradores de conteúdo relevante 
  10. Compartilhar histórias - Youtube, Twitter, facebook, LinkedIn, email, blogs
  11. Facilitar o compartilhamento de histórias - encorajar os membros a compartilharem
  12. Social commerce - divulgar comentários e reviews de produtos e serviços 
  13. Inovação - pesquisar e desenvolver novas ferramentas e aplicativos para melhorar o engajamento 

 

Público Alvo - com quem você esta falando via internet 

O progresso estimulado pela tecnologia está entre os fatores que mais promovem mudanças fundamentais no comportamento - “breakthrough”.  

A velocidade da aplicação e da adoção de novas tecnologias em produtos e serviços oferece soluções para problemas que não tínhamos, gera demanda para necessidades que não existiam e criam oportunidades de negócios e emprego que também nunca existiram.  

A inovação constante somada a centenas de milhões de pessoas que nascem todos os anos, em todos os cantos do mundo, fazem com que diferentes gerações convivam simultaneamente. O desafio é que cada geração se comunica de uma forma, desde os mais tradicionais que ainda usam a escrita até as gerações Y que só respondem por WhatsApp. 

Mais da metade do mundo acessa a internet. São bilhões de pesquisas feitas através do Google que é um excelente exemplo de “breakthrough”. Tente lembrar:  para quem suas perguntas eram feitas antes do Google?

As redes sociais determinam a reputação das pessoas, políticos, religiões, empresas e marcas. Além do texto, os consumidores também expressam suas opiniões por fotos e vídeos. 

De uma forma geral, o mundo gera e absorve todo tipo de informação num volume que, a 200 anos atrás, em uma vida inteira, não se consumia o que hoje se consome provavelmente em um único ano de vida.

Em uma década todas as TVs estarão conectadas à internet. Outros bilhões de devices também estarão conectados, formando a “internet of things”, ou seja, a diferença entre o mundo real e mundo digital desaparecerá criando novas oportunidade que ainda nem temos ideia.  



 
Fonte: Viver de Blog

Fonte: Viver de Blog

 
--------------------------------------------------->